Blog da Célia Lima

Dicas femininas, entretenimento e variedades

Blog da Célia Lima - Dicas femininas, entretenimento e variedades

É POSSÍVEL AUMENTAR OU MODELAR O QUADRIL?

quadril-largo

Uma das maiores diferenças do contorno corporal entre o homem e a mulher é a forma do quadril. O quadril feminino é arredondado e em conjunto com as mamas dá a famosa forma de violão à silhueta feminina.

Este formato se deve principalmente à distribuição de gordura, visto que a parte muscular e óssea são bastante semelhantes aos dois sexos. Isso fica muito evidente quanto comparamos um homem e uma mulher maratonista. Se os vemos correndo de costas fica difícil ter certeza se é um homem ou mulher, pois a taxa de gordura é tão baixa, que o quadril de ambos é praticamente reto, equiparando os corpos.

Sendo assim, quando pensamos em modelar o quadril, feminino pensamos principalmente em dar volume a eles e acentuar suas curvas, tanto na parte posterior, o glúteo, como nas laterais.

Opção 1: lipoescultura

O volume do glúteo pode ser aumentado por diversas maneiras. A mais usada entre elas é o enxerto de gordura. Na lipoescultura, a gordura retirada geralmente do abdômen ou flancos é enxertada no glúteo. É bem indicada para pacientes que tenham gordura na cintura, pois ao fazer a lipo nesta região, o glúteo passa a ser mais exposto. Depois de enxertada a gordura, fica ainda em maior evidencia.

Por ser um material do próprio corpo, a gordura é muito bem aceita pelo organismo, sendo bastante seguro o seu uso. Sua desvantagem é que a gordura sofre uma absorção quase de 50%, permanecendo apenas a metade a longo prazo. Sendo a gordura mole, apesar de dar volume, não aumenta muito a consistência dos glúteos e os projeta menos que uma prótese. Pode também ser usada para preencher as laterais do quadril.

Opção 2: preenchimento com PMMA ou hidrogel

Existem outros materias de preenchimento dos glúteos e lateral do quadril, entre eles o polimetilmetacrilato (PMMA) e o hidrogel de poliamida (Aqualift). Ambos podem ser aplicados com anestesia local ou sedação, sendo o retorno às atividades em poucos dias.

Divulgada como bioplastia, o uso do PMMA é uma opção de preenchimento definitivo. São partículas de acrílico diluídas em um gel. Ao ter o gel absorvido, perde-se um pouco de volume, mas o acrílico permanece para sempre. Apesar de muito compatível, por ser um corpo estranho, pode haver reações ao seu uso, como alergia, nodulações, etc. A desvantagem é que não é possível a retirada do material, por estar ele infiltrado difusamente em tecido muscular e gorduroso. Como um gel, apesar de dar volume, não aumenta muito a consistência dos glúteos.

O hidrogel de poliamida (Aqualift) começa a ser absorvido depois de 6 anos. É bastante tolerado pelo organismo e em caso de alguma reação é absorvido com o tempo. Com todo gel, aumenta o volume, mas a consistência é menor que a de uma prótese.

Opção 3: prótese de glúteo

Já a prótese de glúteo é sem dúvida nenhuma a opção que proporciona maior projeção e consistência aos glúteos. Porém, é uma cirurgia com pós-operatório desconfortável, necessitando um mês para se recuperar. O risco do procedimento é maior se comparado aos preenchimentos por PMMA e Aqualift, mas pode ser retirada imediatamente em caso de complicação.

A prótese deve ser trocada, provavelmente depois de 20 anos. Por ser colocada dentro do musculo, ela projeta a parte posterior, não aumentado o quadril nas laterais. Caso necessário, um preenchimento com gordura, PMMA ou Aqualift pode ser usado nesta região como complemento.

Como tudo na cirurgia plástica, cada técnica tem suas vantagens e desvantagens, assim como sua indicação. O que pode ser bom para um paciente, pode não ser bom para outro. Isso depende do biotipo, tipo de glúteo, musculatura, distribuição de gordura no quadril, presença ou não de flacidez, expectativa do paciente em relação à projeção e aumento do quadril.

Desta forma, apenas em consulta com o cirurgião plástico a melhor técnica poderá ser escolhida, levando-se em conta a vontade do paciente, indicações e riscos de cada técnica.

Categoria: Dicas Femininas

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*