Ministério Público Federal vai investigar “boquinha” de R$ 10 mil da UFMA para esposa de Fernando Haddad

Ana Estela esposa de Fernando Haddad poderá ser investigada pelo Ministério Público Federal

A denúncia pública de que a odontóloga Ana Estela Haddad, esposa de Fernando Haddad, candidato derrotado nas eleições para a a presidência da república pelo Partido dos Trabalhadores, recebe R$ 10 mil reais da Universidade Federal do Maranhão, deve ser levada ao conhecimento da Procuradoria Geral da República para as devidas e necessárias investigações para que seja apurado os fatos quanto a legalidade do contrato autorizado pela Reitoria da UFMA.

O dinheiro destinado a dentista Ana Estela Haddad é feito regularmente pela Fundação Josué Montello com a participação de R$ 6.000,00 e Fundação Sousândrade entra com a participação de R$ 4.000,00. Várias entidades da sociedade civil organizada estão se articulando para ingressar com um pedido de investigação pelo Ministério Público Federal, principalmente quanto ao esclarecimento de quais serviços estão sendo prestados a UFMA pela esposa de Fernando Haddad.

Como a Universidade Federal do Maranhão está em pleno período pré-eleitoral para a Reitoria, Departamentos e outros cargos, o clima deve esquentar. Há quem diga que o caso de Ana Estela Haddad é mais um dos inúmeros aparelhamentos do Partido dos Trabalhadores, que vem sendo destruído pelo atual governo federal.

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *