Reajuste de R$ 0,30 nos preços dos combustíveis foi do aumento do ICMS determinado por Flavio Dino

Tem alguns políticos e segmentos da mídia, tentando confundir a opinião pública sobre o recente reajuste nos preços dos combustíveis, exatamente na terça-feira de carnaval, quando milhares de foliões aplaudiam o governador Flavio Dino fazendo evoluções nas áreas de concentrações do carnaval da capital. O reajuste estabelecido no ICMS foi de aproximadamente 3%. Os donos de posto praticavam até aquela data, o preço da gasolina entre R$ 3,85 e R$ 3,90 e com o aumento do imposto eles simplesmente repassaram para os consumidores e o preço praticado hoje varia entre R$ 4,19 e R$ 4,30.

O governador Flavio Dino, que desfilou no carnaval ostentando uma foice e um martelo, não foi apenas por fantasia, mas como administra o seu governo penalizando cada vez mais as pessoas pobres e humildes. Na nova pesquisa que o IBGE fizer, o Maranhão terá mais miseráveis na extrema pobreza e com muito mais pessoas passando fome, e com certeza o exercito de excluídos deverá superar os 53% identificados na última pesquisa.

O comunismo selvagem do governador Flavio Dino, desmontou a saúde, puniu severamente os servidores públicos sem qualquer reajuste ou reposição salarial nos quatro anos da sua primeira administração e ainda conseguiu junto ao Tribunal de Justiça do Estado, suspender uma decisão do STF de reajuste de 21,7%.

As estradas estaduais  e milhares de comunidades que passaram pelo asfalto criminoso que desaparece com a chuva causou prejuízos de milhões aos cofres públicos e ninguém questiona, uma corrupção deslavada, uma vez que Flavio Dino tem o controle das instituições e a foice e o martelo  se constituem em advertências. Cadê a Procuradoria Geral de Justiça e a Assembleia Legislativa?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *