Cézar Bombeiro visita a creche Maria de Jesus Carvalho vê administração séria e falta de apoio do poder público

                aldir  

O vereador Cézar Bombeiro visitou a creche escola professora Maria de Jesus Carvalho, acompanhado do diretor Aquiles Berredo, administrador admirado pelos pais de alunos e segmentos comunitáriosda Camboa e da Liberdade.

 

Atendendo preocupações de pais de crianças que estudam na creche escola professora Maria de Jesus Carvalho, o vereador Cézar Bombeiro esteve visitando o estabelecimento que faz parte da rede municipal de educação.

Os pais das 410 crianças entre 03 e 05 anos atendidas pela creche escola em tempo integral das 8 horas à 17 horas ,situada no bairro da Camboa, destacam que o diretor Aquiles Berredo, administra a unidade com muita competência e zelo, o que realmente foi confirmado pelo vereador que conheceu todo o interior e viu uma realidade muito difícil de ser encontrada em qualquer escola municipal, mas precisa de importantes aportes de serviços para melhorias dentro e fora da parte física do prédio. O vereador conheceu sala para atendimento médico pediátrico e fisioterapia, local amplo para aulas de balé, além de locais próprios para recreação com grande brinquedoteca.  O diretor Aquiles Berredo disse ao vereador Cézar Bombeiro, que a unidade atende 18 crianças com acompanhamento especializado.

O vereador Cézar Bombeiro valorizou bastante a atitude do diretor, diante de um problema surgido na cisterna do prédio e proibiu todas as pessoas da creche escola de tomar água do local e os pais assumiram a responsabilidade de levar água potável para o estabelecimento e envolveu inúmeros voluntários, dentre eles um chegou a doar 30 garrafões de 20 litros. A informação chegou até ao vereador através de vários pais de famílias que atuam de perto em defesa do bom funcionamento da creche escola.  Há necessidade urgente de reconstrução da cisterna, antes do reinicio das aulas no dia primeiro de agosto e as obras ainda não têm data para inicio, o que é bastante preocupante, uma vez que sem água de qualidade ficará impossível de funcionamento do estabelecimento com 410 alunos em tempo integral e com corpo considerável de servidores.

                          São contra a transferência para reforma do prédio

Os pais de alunosestão preocupados com uma proposta  da prefeitura de que a creche escola seja transferida para um outro local por 150 dias para passar por uma reforma ampla. Será uma perda irreparável para as crianças, além da séria dúvida de que o trabalho seja feito efetivamente dentro do prazo estabelecido. Um grupo de mães disse hoje ao vereador Cézar Bombeiro, que conhecem escolas do município que entraram na conversade uma reforma igual a que está sendo proposta e quase três anos ainda não conseguiram retornar, em razão da prefeitura não ter honrado com a promessa.

A bem da verdade, todas elas têm as suas preocupações, levando-se em conta que a Prefeitura de São Luís assinou um Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público para fazer reformas em 52 escolas e até hoje ainda não conseguiu honrar o compromisso.

Há poucos dias os professores da rede municipal de ensino através do SINDEDUCAÇÃO, denunciaram publicamente que dezenas de escolas do ensino infantil estão abandonadas e sem a mínima condição de professores lecionarem e alunos aprenderem.

A preocupação dos pais da creche escola professora Maria de Jesus Carvalho, é o temor de que a transferência da unidade para outro local, seja a total destruição de um estabelecimento de qualidade e que conta com uma direção competente e responsável e o apoio dos pais alunos e das comunidades da área da Câmboa e da Liberdade, não apenas como voluntários, mas com o compromisso de manter a qualidade de ensino existente hoje, afirmou o vereador Cézar Bombeiro.

 

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>