Raimundo Monteiro do PT afirma que Márcio Jardim e Adriana Oliveira da CUT são pré-candidatos ao Senado

aldir

O líder sindical e integrante do diretório nacional do PT, Raimundo Monteiro é pré-candidato a deputado federal e afirma que o professor Márcio Jardim e a trabalhadora rural Adriana Oliveira, presidente da CUT são pré-candidatos ao senado pelo Partido dos Trabalhadores. Todos têm história de luta e conhecem a realidade da nossa população do meio rural e dos grandes centros urbanos e da necessidade do PT ter representação na Câmara dos Deputados e do Senado Federal, destaca com muita determinação o líder politico.

Há consenso dentro do diretório nacional do Partido dos Trabalhadores em apoiar a reeleição do governador Flavio Dino, assim como o viés da nossa participação na disputa majoritária do senado ou de vice-governador. Infelizmente, alguns integrantes da base do PT e o governador Flavio Dino, não se mostram favoráveis a uma composição, que com certeza virá fortalecer as candidaturas de todos os integrantes de uma forte coligação, diz o petista histórico.

O que não concordamos, assim como lideranças e membros do diretório nacional do PT é que a legenda seja transformada em instrumento para pessoas que são radicalmente contra o PT sejam beneficiadas. A deputada federal Eliziane Gama, por todos nós petista conhecida como golpista e oportunista, sob a proteção do governador Flavio Dino, quer ser candidata ao senado utilizando os tempos de rádio e televisão do PT. Ela votou pela cassação do mandato da presidente Dilma Rousseff e na CPI da Câmara Federal ela pediu a prisão de Lula. Como podemos concordar com tamanho oportunismo que está sendo posto agora? Iremos para os embates com discussão em que possa ser encontrada uma solução para o sério problema, mas não vamos capitular para favorecer golpistas, afirmou Raimundo Monteiro.

Estamos debatendo as pré-candidaturas ao senado de Adriana Oliveira e Márcio Jardim, junto aos movimentos sindicais com grande receptividade e nas sedes de dezenas de municípios elas ganham importantes apoios. Dentro dos próximos dias serão realizadas novas reuniões para tratar o rumo a ser seguido pelo PT nas eleições. No Maranhão, o governador Flavio Dino, tem demonstrado que deve acompanhar a candidatura de Ciro Gomes, que atualmente não é da base do PT, concluiu o integrante do diretório do Partido dos Trabalhadores.

 

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *