MPT no Maranhão manda sindicato devolver taxas indevidas a 150 trabalhadores de empresas de vigilância

              aldir

O sindicato dos vigilantes terá a responsabilidade de devolver taxas indevidasaos vigilantes de várias empresas.

Sindicato da categoria cobrou taxa indevida em 2006 e 2007 e terá que restituir os valores

 

O Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) convoca 150 trabalhadores de empresas de vigilância (ver lista anexa) para se habilitar para possível restituição de taxas descontadas pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Vigilância, Segurança e Transporte de Valores do Estado do Maranhão, na Convenção Coletiva 2006-2007.

 

Os 150 trabalhadores da lista atuavam nas empresas Norsegel, Servisan, New Serv, Guardiã, Bem Vigilância e Bertillon. Nessa época, eles não eram filiados ao Sindicato, mas sofreram descontos financeiros indevidos. O MPT-MA ajuizou uma ação civil pública contra o Sindicato e agora inicia o processo de identificação das pessoas para possível restituição dos valores.

 

O trabalhador que estiver na lista deverá se apresentar na sede do MPT-MA, em São Luís (avenida Atlântica, quadra 24, lote 03, Calhau, próximo ao Hotel Blue Tree – antigo Hotel Pestana), munido de documento de identidade, no período de 4 de julho a 3 de agosto de 2018, no horário das 9h às 14h. Somente após essa identificação é que o trabalhador estará habilitado para a possível restituição dos valores descontados.​​

 

Fonte: Ascom MTP do Maranhão

 

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>