Armação politica vergonhosa na Blitz Urbana para impedir a comemoração do primeiro centenário do bairro da Liberdade

                  aldir

  Muitos políticos tiveram a oportunidade resgatar a memória do bairro da Liberdade. Se não o fizeram, simplesmente por falta de compromisso e respeito aos cidadãos e cidadãs de comunidades dotadas de grandes e importantes potenciais culturais, muitos dos quais integrantes da história de São Luís. Foi o vereador Cézar Bombeiro com o apoio de lideranças comunitárias, que teve a iniciativa no legislativo municipal, seguindo pesquisa de pessoas, muitas das quais com mais 80 e 90 anos, que relatam os nomes do bairro até chegar a Liberdade, por indicação do prefeito Epitácio Cafeteira e projeto do vereador Hélcio Silva. A data do centenário para o dia 25 de Maio foi decorrente de observações e informações colhidas pela pesquisa. Foi do vereador Cézar Bombeiro, a autoria do Projeto de Lei, aprovado em 2017 pela Câmara Municipal de São Luís, a legitimação da data do primeiro Centenário do Bairro da Liberdade.

                 A luta de Cézar Bombeiro pela Liberdade incomoda o oportunismo

                       O vereador Cézar Bombeiro jamais imaginou que a sua atuação e luta permanente por direitos e dignidade das pessoas das comunidades que integram o bairro da Liberdade, iria lhe proporcionar gratuita ira de políticos sem qualquer compromisso com as comunidades, a ponto de utilizar expedientes mesquinhos para suspender a realização dos festejos do Centenário do Bairro da Liberdade. O vereador destaca, que se alguém tem alguma coisa contra Cézar Bombeiro, que se manifeste contra ele e não contra o povo da Liberdade. A articulação politica que a Prefeitura de São Luís está fazendo através da Blitz Urbana é um total desrespeito a população do bairro da Liberdade, tentando impedir por meios escusos e vergonhosos que a festa do Centenário da Liberdade não seja realizada.

                      Prefeitura tenta punir o bairro da Liberdade atropelando politicamente Cézar Bombeiro

                        A trama é integrada por um candidato ao senado, outro a deputado federal e um terceiro a deputado estadual. Eles decidiram visitar as comunidades do bairro da Liberdade, e fazer promessas que o povo não acredita. Na primeira eleição para a Prefeitura de São Luís, o atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior, em sua primeira eleição pediu e contou com o apoio do então líder comunitário Cézar Bombeiro. O compromisso exigido por Cézar Bombeiro foi o de obras e serviços em todo o bairro da Liberdade. Eleito, Edivaldo Holanda Júnior virou as costas para a Liberdade. Na campanha a reeleição, Edivaldo Holanda Júnior e o seu pai o deputado Edivaldo Holanda, procuraram Cézar Bombeiro, já vereador com as mesmas propostas de outrora. O vereador lembrou aos dois, que pagou um preço muito alto perante a população pelas promessas não honradas e que ele não iria correr outro risco com promessas evasivas.

                           A bem da verdade, diz Cézar Bombeiro, que os serviços realizados pela prefeitura no bairro da Liberdade, foram frutos de Termos de Ajuste de Conduta feitos pelo Ministério Público Itinerante, depois de ouvir e debater os sérios problemas levantados pelas comunidades. Faltam ainda vários serviços, o que levará as lideranças comunitárias a denunciar a Prefeitura ao Ministério Público Itinerante, principalmente obras de infraestrutura e quadra de esportes do Japão. Tenho procurado como legislador cobrar direitos para várias comunidades de São Luís e naturalmente para a Liberdade, mas infelizmente os meus requerimentos não têm qualquer prioridade, daí é que encaminho cópia deles para as lideranças dos bairros para tomarem conhecimento de quem é o responsável para que os seus direitos não sejam atendidos.

                       Blitz Urbana ratifica as constantes denuncias públicas de falta de seriedade

                      O vereador Cézar Bombeiro e uma equipe de comunitários deram entrada na Blitz Urbana, com um pedido de Autorização Especial solicitando a liberação da Praça do Viva do Bairro da Liberdade para Atividades Culturais em Comemoração aos 100 Anos do Bairro. A solicitação foi feita exatamente no dia 13 de março e no dia 23 de março ela foi expedida normalmente recebendo a numeração 573/18, estabelecendo a sua validade para o período de 25 a 27 de maio.

                       Dias depois a Blitz Urbana expediu a Autorização Especial para o Conselho Cultural Comunitário da Liberdade a Autorização Especial de numeração 624/18 para a Comemoração dos 100 Anos do Bairro da Liberdade para os dias 25 e 26 de maio, datando o documento com o dia 07 de março.

                       O vergonhoso para a Blitz Urbana e para a Prefeitura de São Luís, concedendo as duas autorizações especiais para um mesmo período e para um mesmo evento e de maneira dolosa para atender interesses políticos. As ordens seriam do Gabinete do Prefeito de São Luís, tentando criar um problema sério e grave com riscos de conflitos dentro de uma comunidade para atender unicamente a vontade de candidatos que são apoiados pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

                       A bandalheira dentro da Blitz Urbana fica numa simples observação. Se uma solicitação de autorização especial foi feita no dia 07 de março, como é que ela tem a numeração 624/18 muito superior a outra solicitada no dia 13 de março com numeração 573/18 tudo com os mesmos nomes e mesmos períodos de realização.  Por outro lado no protocolo de Blitz Urbana o pedido expedido com a numeração 624/18 data de 04 de abril.

                       Sinceramente não qualifico a questão como manipulação, mas como corrupção séria e coloca em total descrédito público a Blitz Urbana, que inclusive já é mal vista perante a opinião pública por facilidades para alguns e rigor para muitos até com violência. Um órgão da maior importância administrando de tal forma concorre para que a Prefeitura de São Luís também não mereça credibilidade, levando-se em conta até prisões de fiscais do órgão por extorsões.

                      Cézar Bombeiro recebe apoio de vereadores e vai às ruas da Liberdade com carro de som denunciar a bandalheira e seus autores

                             O vereador Cézar Bombeiro já recebeu apoio de vários vereadores, alguns registrando que tudo é fruto de armação com interesses políticos vergonhosos. Ele vai denunciar publicamente a bandalheira no plenário da Câmara Municipal, inclusive os seus advogados estudam ingressar na justiça com uma ação diante de que uma licença que teria sido solicitada com bastante antecedência ter uma numeração superior a outra solicitada posteriormente, local e datas idênticas e numeração inferior.

                               Cézar Bombeiro registra que tem o apoio de inúmeros segmentos comunitários para a realização dos festejos do Centenário do Bairro da Liberdade, e que com um carro de som, irá a todas as ruas das comunidades do bairro da Liberdade, relatar a manipulação que está sendo feita para impedir a festa popular e que não tem medo de nada e vai dar nomes, começando do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e os candidatos por ele protegidos, autores de toda a manipulação.

Germano Gomes

Vereador Cezar Bombeiro, sabemos que o quanto tem trabalhado em prol de todo povo ludovicense, as batalhas não serão fáceis, mas com as bênçãos de Deus você vencerá todas. Acredito no seu trabalho.

Janaina

Cesar bombeiro tem o total apoio da nossa comunidade e nós do bairro repudiamos essa manobra ridicula de opositores para impedir a festa do centenario da liberdade cesar se nao for na praça faremos na rua.Estamos juntos!

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>